Polícia

Capataz é preso por caça de animais e porte ilegal de arma

Além da arma, PMA encontrou cateto em freezer

Raiane Carneiro Publicado em 25/01/2018, às 19h54

None

Além da arma, PMA encontrou cateto em freezer

Um funcionário de 23 anos de uma fazenda foi preso no fim da tarde da última quarta-feira (24), em uma propriedade às margens da rodovia MS-489. A equipe da PMA (Polícia Militar Ambiental) de Naviraí chegou até o capataz após denúncias de que o homem estaria caçando e comercializando a carne de animais abatidos.

Na casa do funcionário, a PMA encontrou um cateto abatido dentro do freezer. Questionado sobre as armas para fazer a caçada, o capataz apresentou uma espingarda de caça calibre 32 e três munições, que ele não possuía documentação. O material foi apreendido.Capataz é preso por caça de animais e porte ilegal de arma

O infrator foi preso e encaminhado, juntamente com os outros objetos, para a delegacia de Polícia Civil de Naviraí. O homem foi autuado em flagrante por caça ilegal e posse ilegal de arma. A pena prevista para o crime de caça é de seis meses a um ano de detenção. Pela posse de arma, segundo a PMA, é de um a três anos. O capataz também foi multado em R$ 500 pelo abate do animal.

Jornal Midiamax