Polícia

Após perseguição, troca de tiros com Choque acaba com dois mortos e um preso

Seriam integrantes do PCC

Thatiana Melo Publicado em 28/01/2018, às 11h00

None

Seriam integrantes do PCC

Uma troca de tiros com possíveis integrantes do PCC (Primeiro Comando da Capital) acabou com dois mortos e um preso, na cidade de Dourados, a 225 quilômetros de Campo Grande, durante a madrugada deste domingo (28).

O Batalhão de Choque estava na cidade para auxiliar a polícia local na investigação da formação de um grupo armado com integrantes do PCC para cometer roubos na região, sendo que na madrugada deste domingo (28) houve perseguição e troca de tiros contra os autores.

Segundo informações do site Dourados News, os policiais tentaram abordar um veículo Chevrolet Corsa, mas os ocupantes não obedeceram a ordem de parada e efetuaram disparos contra os militares.Após perseguição, troca de tiros com Choque acaba com dois mortos e um preso

Houve perseguição, mas alguns metros à frente o motorista perdeu o controle da direção colidindo o carro contra o portão de uma residência e depois contra uma árvore. Houve troca de tiros e um dos ocupantes morador de São Paulo e o outro de Mato Grosso morreram no confronto. Já o terceiro homem, morador de Dourados, acabou preso pela polícia depois de tentar fugir correndo em terrenos baldios. 

A perseguição a Ulisses Silva Martins, conhecido como ‘Colt’ terminou após 20 minutos. Ele acabou preso e já tem passagens pela polícia por tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo.

Os bandidos mortos foram identificados como Douglas Henrique Fernandes, de 26 anos, que também tinha passagens por tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo, e Ricardo Douglas de 33 anos, conhecido como ‘Alemão’.

(Matéria editada às 10:37 para acréscimo de informações)

Jornal Midiamax