Polícia

Adolescente indígena é estuprada em aldeia e MPE-MS investiga caso

Adolescente teria sido estuprada por suposto cunhado de chefe da aldeia

Joaquim Padilha Publicado em 25/01/2018, às 10h37

None

Adolescente teria sido estuprada por suposto cunhado de chefe da aldeia

O MPE-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) está investigando, desde a última segunda-feira (22), um caso de estupro de uma adolescente indígena, ocorrido em uma aldeia no município de Bela Vista.

A adolescente, que não teve sua idade informada, teria sido estuprada por um homem que também seria supostamente indígena. O rapaz seria cunhado do chefe da aldeia, segundo o inquérito do MPE-MS.

Os fatos foram comunicados pelo Conselho Tutelar de Bela Vista. Segundo o Conselho, foi registrado boletim de ocorrência após o ocorrido, e a adolescente foi encaminhada para uma instituição de acolhimento no município.

O MPE-MS foi acionado para verificar se a adolescente se encontra em situação de risco. Uma conselheira tutelar de Bela Vista pediu que o órgão intervenha pelo afastamento do agressor da aldeia.Adolescente indígena é estuprada em aldeia e MPE-MS investiga caso

O órgão ministerial pediu que o Conselho Tutelar de Bela Vista e a coordenadora da instituição de acolhimento onde a adolescente foi internada prestem informações e forneçam documentos que ajudem nas investigações.

O caso está sendo investigado na Promotoria de Justiça de Bela Vista, sob tutela do promotor de Justiça William Marra Silva Júnior.

(matéria editada às 13h para correção de informação)

Jornal Midiamax