Polícia

VÍDEO: imagens mostram arrastão em posto onde assaltante foi morto

'Pitbull' estava foragido e tinha extensa ficha criminal 

Midiamax Publicado em 08/06/2017, às 12h39

None

‘Pitbull’ estava foragido e tinha extensa ficha criminal 

Funcionários do posto de combustível assaltado na Avenida Spipe Calarge, Vila Morumbi em Campo Grande, relataram os momentos de terror durante a ação dos bandidos na noite desta quarta-feira (7). O grupo fez um verdadeiro arrastão no pátio do estabelecimento até que um policial militar do Batalhão de Choque reagir e ferir Aguinaldo Romero Ferreira, vulgo Pitbull, de 38 anos.

Os suspeitos estavam em um Voyage prata e chegaram ao posto se passando por clientes. Foi só uma das frentistas se aproximar para eles anunciarem o assalto. A funcionária de 43 anos contou ao Midiamax que quando foi atender o grupo foi surpreendida por um deles, que sacou a arma, encostou na sua barriga e anunciou o crime.

Sem reação, ela colocou as mãos para trás e obedeceu a ordem dos bandidos. Dois dos quatro suspeitos desceram do carro e iniciaram um verdadeiro arrastão do posto. Enquanto um roubava clientes e funcionários, o outro foi até a conveniência do local.

VÍDEO: imagens mostram arrastão em posto onde assaltante foi morto

Pelas imagens das câmeras de segurança do posto é possível ver Aguinaldo rendendo clientes e frentistas e também o momento em que o militar persegue o ladrão. A frentista de 43 anos contou que ainda estava em poder dos bandidos quando ouviu o policial dar voz de prisão ao grupo, neste momento ela aproveitou para correr e se esconder com os colegas no banheiro do estabelecimento.

Segundo o boletim de ocorrência, quando perceberam a presença do policial, os dois bandidos correram para o carro, mas Aguinaldo apontou a arma em direção ao militar, que disparou. Por conta disso, o suspeito não conseguiu entrar no Voyage e correu pela rua, sendo atingido por novos disparos. Ele não resistiu e morreu no local.

A funcionária da conveniência contou que de dentro do banheiro uma das colegas conseguiu avisar parentes, que chamaram a polícia. “Em 10 minutos eles estavam aqui”. O policial que reagiu ao crime era cliente do estabelecimento, e frequentemente levada a filha de 5 anos para brincar em um parquinho que existe no local.

“Isso nunca tinha acontecido comigo, ainda estou em estado de choque. Qualquer barulho diferente me assusta”, lamentou a frentista que trabalha no posto há três anos.

Com ‘Pitbull’, a polícia encontrou uma pistola calibre .40, da Policia Militar do Estado do Paraná. Foram recuperados ainda R$ 350 e um celular roubados pelo suspeito. O resto do grupo escapou, mas abandonou o veículo no Bairro Pioneiro, com marcas de tiros e vestígios de sangue nos bancos.

Outro roubo

Depois das imagens do carro usado pelos bandidos ser divulgada na imprensa, um comerciante de 66 anos procurou a polícia para relatar que seu mercado, localizado no Bairro Centenário, havia sido assaltado pelos mesmos suspeitos.

Ele reconheceu o grupo depois de comparar as fotos com as imagens das câmeras de segurança do mercado. O crime aconteceu no dia 3 deste mês. Armados, os bandidos entraram no estabelecimento, renderam os funcionários e fugiram com R$ 2,8 mil.

O comerciante registrou o caso na manhã desta quinta-feira (8) e entregou as imagens das câmeras para a equipe da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comentário) Piratininga. Conforme apurado pela reportagem, ‘Pitbull’ vinha sendo investigado pela Derf (Delegacia Especializada de Roubo e Furtos) por outros crimes em Campo Grande.

O suspeito morto na ação estava foragido, tinha um mando de prisão em aberto e possuía uma extensa ficha criminal.  Em 2008 ele foi preso em flagrante por participar de cerca de 14 assaltos na Capital. Um policial militar e outros três suspeitos foram presos na data e ‘Pitbull’ chegou a apresentar um nome falso a polícia.

Além disso, o suspeito soma pelo menos seis crimes de roubos, ameaça, tráfico de drogas, porte ilegal de arma e também uma segunda prisão por falsidade ideológica.

Confira o vídeo:

Jornal Midiamax