Polícia

Vereador procura delegacia após ser acusado de exigir propina em lixão

Era diretor de departamento na prefeitura

Diego Alves Publicado em 02/10/2017, às 23h30

None

Era diretor de departamento na prefeitura

O vereador Thomaz Johnson Abdonor (PMDB) de Rochedo, cidade a 84 quilômetros de Campo Grande, procurou a delegacia da cidade nesta segunda-feira (02) após ser acusado de exigir propina de R$ 14 mil e mais 10% no faturamento da reciclagem do lixão da cidade entre 2015 e 2016. Na época, Thomaz era diretor de departamento da prefeitura.Vereador procura delegacia após ser acusado de exigir propina em lixão

Segundo o vereador, que também é advogado, um trabalhador da reciclagem afirmou  na Câmara da cidade nesta segunda, que ele praticou o crime de corrupção passiva. 

Thomaz disse à reportagem que está sendo ameaçado após apresentar uma denúncia no Ministério Público Estadual, em relação a uma suposta venda de terras da área do lixão da cidade. “Está sendo retirado terra de uma área pública do lixão que é vendida por R$ 190 o caminhão”, disse. 

O vereador conta que tirou fotos, fez filmagens e apresentou a denúncia ao MPE e, após isso, vem sofrendo as acusações. O vereador conta que não conhece o funcionário da reciclagem que fez as denúncias na Câmara. 

Ainda segundo Thomaz, a denúncia protocolada no MPE foi lida em sessão da Câmara no último dia 26 de setembro. O caso foi registrado como calúnia, contra funcionário público em razão de suas funções.

Jornal Midiamax