Trabalhador rural é morto por genro depois de discussão sobre neta

Ele foi perseguido e esfaqueado
| 24/04/2017
- 14:30
Trabalhador rural é morto por genro depois de discussão sobre neta

Ele foi perseguido e esfaqueado

Janoário Gaúna, 57 anos, morreu depois de ser perseguido e esfaqueado pelo genro de 18 anos em Jardim, a 239 quilômetros de Campo Grande. O caso aconteceu no domingo (24).

Desentendimento sobre neta de 1 ano e embriaguez, conforme boletim de ocorrência, teriam sido gatilho para o crime que aconteceu no quintal da residência da família.

Trabalhador rural, Janoário foi insultado e perseguido pelo genro. Ao cair acabou atingido por dois golpes de faca na coxa esquerda e antebraço direito. Morreu logo em seguida.

Diante da gravidade da situação, o autor do crime pulou muro da residência e tentou fugir. Foi localizado logo em seguida e preso por . Ele permanece preso na delegacia local.

 

Veja também

Últimas notícias