Polícia

Suspeito de matar desafeto na rodoviária por causa de lanche é preso

Crime ocorrido no último dia 7 de março

Diego Alves Publicado em 05/06/2017, às 22h37

None

Crime ocorrido no último dia 7 de março

Investigadores do SIG (Serviço de Investigações Gerais) da Primeira Delegacia de Campo Grande prenderam Gilson da Silva Silvestre, suspeito de ter matado Silvio Hikari de Oliveira, de 30 anos, no dia 7 de março na rodoviária antiga de Campo Grande.Suspeito de matar desafeto na rodoviária por causa de lanche é preso

Gilson disse que matou Silvio para se defender no momento em que lanchava. Ele conta que foi provocado pelo desafeto. Silvio teria  jogado uma lata de cerveja em Gilson antes de levar a facada.

Na época, testemunhas  disseram que o crime foi causado por causa de um lanche. Silvio então foi golpeado no peito, caiu ao chão e morreu no local. O caso foi registrado como homicídio simples na Depac Centro.

De acordo com o delegado Mario Donizete Ferraz de Queiróz, a arma utilizada no crime foi uma faca de serra da própria lanchonete em que o autor estava. Segundo a Polícia Civil, será requerida a prisão preventiva de Gilson à Justiça. Gilson já possui passagens por homicídio e furtos.

Jornal Midiamax