Polícia

Suspeito de invadir residência e agredir agente penitenciário é preso

O celular roubado do agente foi encontrado com o autor

Thatiana Melo Publicado em 25/09/2017, às 14h21

None

O celular roubado do agente foi encontrado com o autor

Foi preso neste fim de semana, o suspeito de invadir a residência e agredir um agente penitenciário na cidade de Coxim- distante 253 quilômetros de Campo Grande- no início do mês de setembro deste ano.

Denúncias anônimas levaram os policiais até o suspeito que já tinha quatro mandados de prisão em aberto, por roubos feitos em Campo Grande. Ele negou o crime e disse apenas ter emprestado a motocicleta para os autores cometerem crimes na cidade.

Exames nos pneus da motocicleta foram feitos comprovando que eram os mesmo que tinham deixado marcas na residência do agente penitenciário no dia do ataque, no dia 9 de setembro.

Depois da invasão, os amigos teriam devolvido a motocicleta afirmando para ele colocar fogo no veículo, por causa, de um desacerto durante o assalto. Ainda de acordo com o site Edição de Notícias, o suspeito teria fugido ficando escondido por cerca de 15 dias em uma fazenda, na região de Jauru.

A polícia não acredita na versão do suspeito de que não tenha participado do atentado, já que suas características batem com a descrição feita pelo agente penitenciário.Suspeito de invadir residência e agredir agente penitenciário é preso

A invasão e agressão

O agente penitenciário foi rendido quando chegava em casa, no dia 9 de setembro, sendo obrigado a ficar de joelhos. Segundo relatos dele a policiais, um dos criminosos ameaçou atirar contra o servidor, mas a arma acabou falhando, o outro teria atirado, mas o disparo não atingiu a vítima. O agente, então, decidiu reagir e houve luta entre ele e os bandidos.

A vítima foi ferida com coronhadas na cabeça e teve lesões em outras partes do corpo. Depois da reação, os bandidos decidiram fugir.

(Foto: PC de Souza/ Edição de Notícias)

Jornal Midiamax