Polícia

Segurança vê número desconhecido no celular da mulher e ameaça família de morte

O telefone era do genro da vítima

Renata Portela Publicado em 08/01/2017, às 11h15

None
delegacia_de_dourados.jpg

O telefone era do genro da vítima

Homem de 59 anos foi preso na noite de sábado (7) em Dourados, cidade a 225 quilômetros da Capital, depois de ameaçar a mulher e as filhas de morte. Ele brigou com a esposa depois de ver um número desconhecido no celular dela e foi denunciado pela filha de 25 anos, já que tinha armas em casa.

Conforme o boletim de ocorrência registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), equipe da Polícia Militar foi acionada para ir até a casa da família, verificar um possível porte irregular de arma de fogo e ameaça. No local, a filha do homem de 59 anos contou que estavam todos em casa quando teve início uma briga.

Segundo a jovem, o pai viu um número desconhecido no celular da esposa e ficou extremamente nervoso. As filhas ainda tentaram explicar que o telefone era do genro da vítima, mas ele continuou a xingar e ameaçar as três. Elas disseram que chamariam a polícia e ele disse que, se chamassem, ele sairia e depois mataria todos.

Como o homem tinha uma arma, a filha acionou a polícia. Na casa, foram encontrados um revólver calibre 32, com 6 munições no tambor, além de outras munições e 3 facas. O homem disse que coleciona facas e que comprou o revólver há aproximadamente 40 dias, pelo qual pagou R$ 800. Ele ainda contou aos policiais que trabalha como segurança e acabou preso por posse irregular de arma de fogo e ameaça, qualificada por violência doméstica.

Jornal Midiamax