Polícia

Que rolo: PM aparece, prostituta pula de moto e bêbado casado chora na DP

Foi autuado por embriaguez ao volante

Thatiana Melo Publicado em 30/01/2017, às 15h19

None
delegacia_tres_lagoas.jpg

Foi autuado por embriaguez ao volante

A história chega a ser cômica, mas um motociclista, de 38 anos, acabou chorando e pedindo na delegacia para não ser autuado depois de ser flagrado embriagado com uma prostituta, já que era casado e a esposa não sabia de seu paradeiro.

O caso aconteceu na noite deste domingo (29), na cidade de Três Lagoas distante 339 quilômetros de Campo Grande. O homem estava em um local conhecido pela movimentação de usuários de drogas e prostitutas.

A polícia fazia rondas pela região e flagrou o motociclista contratando os serviços de uma garota de programa, saindo em alta velocidade com a mulher, que não usava capacete.

Durante a perseguição, a garota de programa pulou da moto em movimento, causando escoriações pelo corpo. O motociclista acabou alcançado e levado para a delegacia de polícia.

Segundo o site Rádio Caçula, na delegacia ele teria chorado e pedido para os policiais não confeccionarem o boletim de ocorrência, por que ele era casado e a mulher dele não sabia onde estava.

Foi feito o teste do bafômetro e o homem autuado por embriaguez ao volante.

Jornal Midiamax