Polícia

Polícia encontra carro roubado usado para fuga de pistoleiros na fronteira

Mais de 20 tiros foram disparados

Thatiana Melo Publicado em 25/01/2017, às 09h46

None
carro_execucao_pp.jpg

Mais de 20 tiros foram disparados

Depois de executarem nesta terça-feira (24), em Pedro Juan Caballero, Victor Hugo Colman, que na realidade se chamava Ezequiel Romero Spinoza, de 35 anos, pistoleiros roubaram um veículo para a fuga. O veículo era de uma proprietária que estava na região, na hora do assassinato.

O carro foi localizado abandonado em um bairro de Ponta Porã. Segundo o site Porã News, o carro estava na Rua Catanduva, sendo levado para a delegacia de polícia e entregue a proprietária.

Ezequiel foi executado com um tiro na cabeça, um de raspão na barriga e outro no joelho. Romero estava sendo procurado pela polícia pelo assassinato de Ailton Marcio de Oliveira Ferreira e Magno Gauber Guimarães, no Bairro Nova Lima, em Campo Grande, no dia 12 de agosto de 2016.

A execução

Usando um fuzil e uma metralhadora, os pistoleiros que ocupavam um veículo Chevrolet Onix atiraram mais de 20 vezes contra o motorista, que morreu no local. Após ser atingido pelos disparos, a vítima ainda perdeu o controle da direção e acabou atropelando um motociclista, de 25 anos, que ficou em estado grave e foi levado para o Hospital da Vida de Dourados.

Depois do crime, os quatro suspeitos abandonaram o carro e as armas e fugiram a pé para o lado paraguaio. Logo na fronteira, os suspeitos abordaram um morador de Ponta Porã que dirigia um Fiat Siena, roubaram o carro e continuaram a fuga.

Câmeras de segurança filmaram o momento em que os quatro suspeitos fugiam pela Rua Paraguai, no Centro de Ponta Porã. Dois estariam portando armas de fogo. As imagens do momento da execução ainda mostraram uma segunda vítima, que estaria na caminhonete com Ezequiel Romero.

Jornal Midiamax