Estão desaparecidos desde 12 de agosto

A DEH (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Homicídios) aguarda novas informações para retomar as buscas pelos irmãos Rodney Campos Santos e Edney Bruno Ortiz Amorim, de 27 e 20 anos, desaparecidos desde o dia 12 de agosto, em , a 318 quilômetros de Campo Grande.

Segundo o delegado Márcio Obara, titular da especializada, todas as denúncias repassadas a investigação foram apuradas e agora as buscas serão pontuais: a cada nova suspeita equipes serão enviadas para verificar as informações. Enquanto isso, os policiais levantam dados técnicos para tentar localizar os irmãos.

Por fora das investigações, a família procura pelos irmãos por conta própria. O Corpo de Bombeiros e até a Guarda Municipal de Ponta Porã, participaram das buscas, feitas em três lagoas da região do Itamarati em Ponta Porã e também em propriedades rurais de municípios vizinhos.

As imagens que mostram a abordagem dos irmãos por policiais do DOF (Departamento de Operações de Fronteira), última vez em que eles foram vistos, também são analisadas pela delegacia especializada. Conforme o delegado, detalhes sobre o caso não serão repassados para não atrapalhar as investigações.Polícia aguarda informações para retomar buscas por irmãos desaparecidos na fronteira

Desaparecimento

Os irmãos foram vistos pela última vez no dia 12 de agosto, quando foram abordados pelos policiais do DOF em um posto de combustível da MS-164. Eles estavam em um veículo VW Golf, que foi encontrado abandonado no mesmo dia do .

Imagens que circulam em redes sociais, mostram a abordagem policial aos irmãos. Em uma das imagens, um dos jovens entra no banco traseiro do carro, e neste momento um policial entra pela porta do motorista, e outro policial pela porta do passageiro do veículo. Já ao fundo aparecer o outro rapaz entrando na viatura da polícia. (Foto: Porã News)