Polícia

PMA autua pecuarista em R$ 12,5 mil por exploração ilegal de madeira

Derrubada de 25 árvores de grande porte

Diego Alves Publicado em 18/12/2017, às 20h56

None

Derrubada de 25 árvores de grande porte

A PMA (Polícia Militar Ambiental) autuou um pecuarista em R$ 12,5 mil por exploração ilegal de madeira em área protegida em Rio Verde de Mato Grosso, cidade a 208 quilômetros de Campo Grande.PMA autua pecuarista em R$ 12,5 mil por exploração ilegal de madeira

Segundo a PMA, a exploração ilegal de madeira foi descoberta nesta segunda-feira (18), quando policiais militares ambientais de São Gabriel do Oeste realizavam fiscalização em uma propriedade rural no município. Durante a vistoria no local, os policiais flagraram a derrubada de 25 árvores de grande porte para exploração da madeira, em área protegida de preservação permanente (APP), sem autorização ambiental.

Foram derrubadas duas árvores da espécie aroeira (protegida por lei), 20 árvores da espécie angico, duas da espécie ipê e uma da espécie jatobá, na área de encosta de morro acima de 45º (área protegida por lei).

As atividades foram interditadas e o pecuarista (59), residente em Bandeirantes, foi autuado administrativamente e multado em R$ 12,5 mil. Ele responderá por crime ambiental. A pena é de um a três anos de detenção.

O infrator foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação de Áreas Degradadas e Alteradas (PRADA), junto ao órgão ambiental.

Jornal Midiamax