Polícia

PMA autua empresa em R$ 5,5 mil e apreende caminhão com carga de madeira ilegal

Não constava MS como itinerário

Diego Alves Publicado em 11/06/2017, às 20h12

None

Não constava MS como itinerário

A PMA (Polícia Militar Ambiental) autuou uma empresa mato-grossense em R$ 5,5 mil e apreende caminhão com carga de madeira ilegal.PMA autua empresa em R$ 5,5 mil e apreende caminhão com carga de madeira ilegal

Durante fiscalização na rodovia MS 306, na região do trevo próximo à fazenda Monarca, policiais de Costa Rica abordaram na noite deste sábado (10), um caminhão Iveco, com placas de Lagoinha (SP) e aprenderam uma carga irregular de madeira serrada.

O veículo, que fazia o percurso entre o estado de Mato Grosso, para o estado de São Paulo, transportava 18,4 m³ de madeira serrada em diversos formatos, e o Documento de Origem Florestal (GF) não constava o estado de Mato Grosso do Sul como itinerário. Essa exigência no documento ambiental de transporte é obrigatória e sua falta constitui-se em crime e infração administrativa. A identificação do itinerário serve para evitar que se retirem madeiras ilegais de outros locais com o documento.

O caminhão e a madeira pertencente a uma empresa de Alta Floresta (MT) foram apreendidos. A empresa infratora foi autuada administrativamente e multada em R$ 5.519,70. O material apreendido e o veículo foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Costa Rica. Os responsáveis pela empresa responderão por crime ambiental e poderão pegar pena de seis meses a um ano de detenção.

Jornal Midiamax