Polícia

PMA alerta sobre pessoas que usam nome da unidade para solicitar dinheiro

Principais alvos são proriedades rurais

Tatiana Marin Publicado em 27/01/2017, às 16h46

None
logo_pma_site_pmms_2.jpg

Principais alvos são proriedades rurais

A PMA (Polícia Militar Ambiental) alerta que pessoas estão utilizando o nome da corporação para pedir e até extorquir dinheiro em todo o estado, principalmente em propriedades rurais. A PMA informa que não solicita valores em nome da unidade e aconselha a jamais entregar qualquer quantia.

Segundo nota de alerta emitida pelo 15º. Batalhão da PMA, há algum tempo as delegacias do estado vem registrando algumas ocorrências e procurando pessoas que solicitam dinheiro em nome da organização. Conforme informado, “os criminosos não estão fardados e alguns  utilizam veículos descaracterizados, com símbolos de Associações de Policiais Militares”, diz trecho da nota.

São várias as formas que utilizam para conseguir dinheiro, desde venda de rifas, solicitação de valores para festas da PMA e para confecção de jornais e material publicitário para a Unidade. Há casos de extorsão em que solicitam dinheiro em troca de não multar o proprietário por supostas irregularidades em suas propriedades.

Os indivíduos se apresentam sempre sem farda, porém, em alguns casos, estão armados, o que pode causar receio na população. Sobre o fato, a nota aconselha que seja solicitado que retornem em outra ocasião e que a PMA seja acionada.

A PMA suspeita que grupos diferentes estejam praticando as abordagens em diferentes locais do estado. Investigações estão sendo realizada e, inclusive, com fotos de suspeitos. Se os crimes forem comprovados, os suspeitos poderão responder por estelionato, falsidade ideológica, associação criminosa, extorsão e outros, com penas totais que podem passar de 20 anos de prisão.

Jornal Midiamax