Polícia

Pente-fino: Choque retira droga, 30 celulares e até tablet de celas da Máxima

Carregadores, chips e baterias também foram apreendidos

Midiamax Publicado em 20/01/2017, às 17h53

None
unnamed.jpg

Carregadores, chips e baterias também foram apreendidos

O pente-fino realizado em celas da Penitenciária de Segurança Máxima de Campo Grande na manhã desta sexta-feira (19) retirou da unidade cerca de 30 celulares, um tablet, 26 carregadores, três chips, duas baterias, 175 porções de substancias análogas a maconha e 54 papelotes de cocaína. A ação da Agepen (Agência Estadual de Administração Penitenciária) contou com apoio de 57 policiais do Batalhão de Choque da Polícia Militar.

As vistorias começaram, por volta das 8h, e foram realizadas em celas do pavilhão 6 e da galeria B do pavilhão 2, com a participação de 21 agentes penitenciários. Os policiais do Batalhão de Choque atuaram na contenção dos presos.

Ao todo foram apreendidos 30 aparelhos celulares, um tablet, 26 carregadores, três chips, duas baterias, 175 porções de substancias análogas a maconha e 54 papelotes de cocaína.

A operação fez parte do cronograma de atividades da instituição, com o objetivo de reforçar a disciplina no presídio e evitar o uso de materiais ilícitos pelos detentos, zelando pela segurança de toda a população.

Segundo o diretor-presidente da Agepen, Ailton Stropa Garcia, como são presídios com grande volume de presos, é necessário que em cada ação pontos diferentes dos prédios sejam vistoriados. “É um trabalho constante e incansável, que se soma a outras ações, como revistas em visitantes, monitoramento rotineiro dos arredores dos presídios e vistorias menores em celas”, finalizou.

Jornal Midiamax