Operação prende 7, entre eles fornecedor de drogas na Orla Morena

Ação apreendeu de maconha a droga sintética
| 29/04/2017
- 00:19
Operação prende 7, entre eles fornecedor de drogas na Orla Morena

Ação apreendeu de maconha a droga sintética

Em operação contra o tráfico de drogas em Campo Grande, equipes da (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico) prenderam sete pessoas em dois dias na Capital. Os policiais da especializada cumpriram mandados de prisão e também apreenderam maconha, pasta base, cocaína, ecstasy, LSD, MDMA e dinheiro.

Foram dois meses de investigação que culminaram na prisão dos suspeitos. Entre eles, Josimeire Martins da Silva, de 30 anos, assim como José Antônio da Silva, de 50 anos, estavam com mandados de prisão em aberto. A mulher, presa no Jardim Los Angeles, estava foragida por tráfico de drogas.

Já José Antônio é acusado de matar o cunhado há 20 anos. Ele foi encontrado no mesmo bairro que Josimeire, na manhã desta sexta-feira (28). As outras cinco prisões, segundo o delegado João Paulo Sartori, foram por flagrante de tráfico.

Nesta quinta-feira (27), Paulo Cesar Jancovic de Souza Junior, de 26 anos, e Wander Higa Garcia, de 23 anos, foram pesos em flagrante em uma casa na Rua João Guimarães Rosa, na Vila Nasser. Os dois estariam comercializando drogas, com um esquema de disk entrega.

Com a dupla foram encontrados 11 papelotes de cocaína, totalizando 10,5 gramas, 25,6 gramas de maconha e 17 comprimidos de ecstasy. Na manhã desta sexta-feira (28), Bruno Bianchi Cruz Silva, de 25 anos, foi preso em casa com cerca de R$ 1,5 mil, 15 tabletes e 9 porções de maconha, 848 comprimidos de ecstasy, 8 porções de MDMA, 5 micropontos de LSD, além de uma espingarda calibre 12.

Segundo Sartori, Bruno Bianchi é um dos principais fornecedores da Orla Morena. Ainda conforme o delegado, as apreensões de drogas sintéticas aumentaram em Campo Grande, isso por conta da popularização das raves. Em depoimento, Bruno chegou a confessar que uma dessas festas aconteceria neste sábado (29) e que vendia cada porção de MDMA por R$ 70.

Também nesta manhã, na Vila Manoel Taveira, os policiais da especializada prenderam Alberto Matos Braga com 1,5 quilo de maconha, 70 gramas de pasta base de cocaína e R$ 150. Com 21 anos, o rapaz possui duas passagens por tráfico de drogas, três roubos e estupro de vulnerável. Walquiris Souza Garcia, de 29 anos, estava em casa, no Bairro Dom Antônio, quando foi surpreendida pelos investigadores. Ela foi presa com 25 tabletes de maconha, que totalizaram 32 quilos. 

Veja também

Imagens, que são atribuídas ao conflito, mostram uma pessoa no chão e tiros disparos por policiais

Últimas notícias