Operação da PM estoura ‘boca da Sheila’ e sete acabam presos

Ponto de vendas funcionava no Bairro Vila Cuiabá
| 30/04/2017
- 15:33
Operação da PM estoura ‘boca da Sheila’ e sete acabam presos

Ponto de vendas funcionava no Bairro Vila Cuiabá

Setes pessoas suspeitas de envolvimento com o tráfico de drogas foram presas durante operação da PM (Polícia Militar), em Dourados, a 235 km de Campo Grande, neste sábado (29). A ação fechou um ponto de vendas de drogas conhecido como ‘Boca da Sheila’, que funcionava no Bairro Vila Cuiabá.

Conforme a PM, foram presos Jocelino Nascimento dos Santos, de 37 anos, Valquíria Ribeiro de Oliveira, de 35, Sheila da Silveira Felipe, de 32, Jonathan Luís da Silva, de 28, Mirtes Garcia de Assis Chaves, de 31, Evaristo Martinez, de 48, e Juan Romero, de 30. Alvos da operação, os presos moravam nos bairros Dioclecio Artuzzi, Jardim Clímax, Vila Martins, Jardim Florida e Residencial Estrela do Sul.

Militares da Força Tática, que já haviam detido Evaristo e Juan, com três papelotes de pasta base de cocaína, foram acionados no fim da tarde, de ontem, pelo setor de inteligência do 3º BPM. Os detidos também haviam indicado o local da compra.

Os policiais foram até a Rua Antônio Emilio de Figueiredo, na Vila Cuiabá, onde funcionava um ponto de vendas de drogas, supostamente conhecido como ‘Boca da Sheila’, e abordaram no portão Sheila, Mirtes, Jocelino, Valquíria e Jonathan. 

Um volume na cintura de Sheila chamou a atenção e uma equipe da Guarda Municipal, com uma servidora feminina, precisou ser acionada para apoiar nas revistas femininas. Após abordagem superficial foi encontrado um revólver de calibre .38 com a numeração raspada, com seis munições intactas e mais nove munições, no bolso. 

Ainda durante as buscas pessoais foram encoantrados com Sheila, 16 papelotes de pasta base de cocaína com as mesmas características das encontradas com Evaristo, preso horas antes.

Todos os envolvidos foram levados à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), de Dourados, e o crime como porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas.

Veja também

A Polícia Militar Ambiental de Aquidauana autuou um fazendeiro em R$ 12,6 mil por derrubada...

Últimas notícias