Polícia

Motorista escapa com tiro na cabeça após ladrões ‘fuzilarem’ caminhão

Foi socorrido por outro caminhoneiro

Renata Portela Publicado em 03/02/2017, às 14h06

None
caminhao_ilustrativa.jpg

Foi socorrido por outro caminhoneiro

Na tarde de quinta-feira (2), homem de 42 anos foi vítima de tentativa de homicídio na Rodovia MS-156 em Amambai, cidade a 352 quilômetros de Campo Grande. Ele conduzia o caminhão após ser contratado para fazer um frete, quando foi surpreendido pelos atiradores.

Conforme o boletim de ocorrência, equipes da PRE (Polícia Rodoviária Estadual) foram acionadas para irem até a estrada atenderem o caso de tentativa de homicídio contra o caminhoneiro, na região da aldeia Limão Verde. No local, populares contaram que ocupantes de uma Hilux branca e uma Titan preta teriam atirado várias vezes contra o motorista.

Segundo a PRE, o caminhão foi encontrado dentro de uma invernada perto da aldeia e o motorista já não estava no local. De acordo com testemunhas, ele foi socorrido por outro caminhoneiro, que seguia em direção a Amambai. Na cabine do caminhão da vítima foram encontradas várias manchas de sangue.

Na lateral da cabine do caminhão havia 23 marcas de tiros, além de 9 no para-brisa. Ao todo, foram apreendidas 31 cápsulas calibre .556, de fuzil, no local. Não foi encontrada nenhuma arma no veículo da vítima e, no hospital para onde o homem foi levado, a informação é que ele ficou com um projétil alojado perto do supercílio.

O filho da vítima informou que o caminhoneiro foi contratado para um frete de Tacuru para Amambai, mas não soube dizer quem era o contratante. O baú do veículo estava vazio quando os policiais apreenderam o caminhão.

Jornal Midiamax