Polícia

Motorista envolvido em acidente que matou mãe e filha vai à juri popular

Ele foi preso, bêbado, ao se envolver em outro acidente

Wendy Tonhati Publicado em 25/01/2017, às 11h37

None
231511_48350_57463.jpg

Ele foi preso, bêbado, ao se envolver em outro acidente

A Justiça mandou à juri popular Odenir Rodrigues dos Santos, 40 anos, envolvido em um acidente que matou mãe e filha, na MS-134, em Nova Andradina, a 297 quilômetros de Campo Grande. Ele se apresentou à polícia poucos dias depois do acidente, ficou em liberdade e acabou preso, após, embriagado, se envolver em outro acidente.

O acidente com duas mortes aconteceu em 1 de novembro de 2015. Foi apurado que Odenir conduzia um carro, na contra-mão, em alta velocidade e ainda, possivelmente embriagado. Ele colidiu frontalmente na motocicleta em que estavam Roselene Temoteo Nascimento Labegallini e Mayra Temoteo Carvalho.

Consta na denuncia que Odenir assumiu o risco de provocar o resultado, gerando perigo comum e dificultando a defesa das vítimas. Após o acidente, o motorista fugiu do local, sem prestar socorro. Odenir teve a prisão preventiva determinada em junho de 2016, depois de ser detido, em outro acidente, dirigindo sob efeito de álcool.

Consta que mãe e filha eram moradoras de Santópolis do Aguapeí (SP). Roselene se mudou para Nova Andradina para fazer um tratamento médico e Máyra estava na cidade visitando a mãe.

“Declaro o feito preparado para julgamento pelo e tribunal do júri, designando reunião para o dia 09.03.2017, às 08:30 hs. O sorteio de jurados a que se refere o artigo 433 será realizado no dia 17.02.2017, às 13:00 hs”, diz a publicação do Diário do TJ MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) desta quarta-feira (25).

Foto: Reprodução/Jornal da Nova

Jornal Midiamax