Polícia

Membro de quadrilha colombiana de agiotagem é preso em MS por ameaça

Líder da quadrilha mora na Capital

Thatiana Melo Publicado em 29/11/2017, às 10h14

None

Líder da quadrilha mora na Capital

Um suposto integrante de uma quadrilha colombiana de agiotagem que vem agindo na cidade de Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande, acabou preso na última segunda-feira (27). O jovem, de 19 anos, levava R$ 1,8 mil da cobrança de um comerciante do município.

Segundo informações da polícia civil, a organização criminosa age junto de pequenos comerciantes da cidade cobrando juros de 20% em parcelas que devem ser pagas diariamente em até 20 dias.

Três corpos carbonizados que foram encontrados no ano passado, em um veículo, na zona rural de Três Lagoas, seriam de colombianos ligados à organização criminosa de agiotagem.

O colombiano preso na segunda (27) confessou que o dinheiro que portava era de cobranças de um comerciário. Ele ainda disse em depoimento que a organização criminosa atua em várias cidades de Mato Grosso do Sul e São Paulo.

Na residência do jovem que mora com outro colombiano foi encontrado R$ 5.400 de cobranças feitas e que seriam depositados na conta do chefe da organização, que segundo informações do site JP News mora em Campo Grande.Membro de quadrilha colombiana de agiotagem é preso em MS por ameaça

A polícia agora tenta localizar os outros integrantes da quadrilha. E de acordo com o delegado Ailton Pereira, os corpos encontrados carbonizados ainda são de colombianos integrantes da quadrilha, mas ainda não se sabe a motivação para o crime.

Jornal Midiamax