Polícia

Marido é indiciado duas semanas após provocar acidente com a esposa

Colisão foi proposital

Renata Portela Publicado em 10/01/2017, às 12h56

None
4f4a57a746cf0f45249f22520067355d.jpg

Colisão foi proposital

Na noite do dia 25 de dezembro de 2016, marido e mulher se envolveram em um acidente de trânsito em Coxim, a 253 quilômetros de Campo Grande. O acidente ‘estranho’ foi investigado pela polícia, que concluiu que houve intenção por parte do homem em provocar a colisão.

Segundo informações da delegada responsável pelo caso, Silvia Elaine Girardi dos Santos, a vítima foi ouvida nesta segunda-feira (9), após receber alta do hospital. A mulher confirmou que seguia na direção contrária do GM Corsa Classic no momento do acidente.

Conforme o site Edição MS, a vítima disse que tentou desviar ao máximo, mas o veículo continuou seguindo pra cima dela até colidir. Em seu depoimento, a mulher ainda afirmou que não imaginava que o carro era do próprio marido e só o reconheceu depois que ele desceu do veículo.

Conforme a delegada, o marido também prestou depoimento e deu algumas versões sobre o caso, mas por fim acabou confessando que sabia que a motociclista era a esposa e que provocou o acidente. O motorista foi indiciado por tentativa de feminicídio.

O acidente

Segundo testemunhas, a mulher subia a rua em uma Yamaha Fazer, com placa de Coxim, quando foi atingida por um Corsa Classic, também com placas de Coxim, conduzido pelo marido que seguia na direção contrária.

Após a colisão, o homem saiu do local abandonando o veículo. A esposa ferida e teve a identificação confirmada pelos documentos que estavam dentro do carro. A vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e levada para o Hospital Regional Álvaro Fontoura com uma fratura no tornozelo esquerdo e escoriações pelo corpo.

Jornal Midiamax