Polícia

Jovem encontrada morta teria sido obrigada a tomar remédio abortivo

Ela estaria sendo ameaçada constantemente

Diego Alves Publicado em 26/06/2017, às 00h49

None

Ela estaria sendo ameaçada constantemente

Um homem, de 33 anos, ex-marido e principal suspeito de ter matado Hevellyn de Abreu Xavier de 24 anos, encontrada morta neste domingo (25), teria obrigado a jovem a cometer um aborto nos últimos dias. Jovem encontrada morta teria sido obrigada a tomar remédio abortivo

Hevellyn foi encontrada morta neste domingo dentro de casa, na Vila Haro em Três Lagoas, cidade a 325 quilômetros de Campo Grande.

O suspeito teria obrigado Hevellyn a praticar um aborto há alguns dias antes do corpo da jovem ter sido encontrado neste domingo (25).

Segundo uma testemunha, Hevellyn  estaria grávida de pouco mais de um mês e  o suspeito então teria comprado um remédio abortivo e obrigado a jovem a tomá-lo.

De acordo com o site JPNews, temendo pela própria vida, ela então tomou o remédio que resultou no aborto.  Ainda de acordo com testemunhas, eram constantes os casos de violência sofrido pela jovem.

O suspeito também estaria tentado reatar o relacionamento com a vítima e, por algumas vezes, a agrediu e chegou a fazer ameaças de morte, caso ela não retomasse o relacionamento com ele.

Jornal Midiamax