Polícia

Grávida de 8 meses é investigada por abortar e enterrar feto no quintal

Caso aconteceu em Sidrolândia 

Midiamax Publicado em 11/08/2017, às 16h41

None

Caso aconteceu em Sidrolândia 

Uma mulher de 35 anos é investigada por provocar seu abordo em Sidrolândia, a 70 quilômetros de Campo Grande. Ela estava grávida de 8 meses e teria perdido o bebê, após supostamente ingerir medicamentos abortivos, dentro do banheiro do frigorífico que trabalha. A suspeita ainda teria escondido o feto dentro de uma sacola e o enterrado no quintal de casa.

De acordo com sites Região News, a caso aconteceu na terça-feira. Enquanto trabalhava, a mulher teria passado mal e tido uma hemorragia no banheiro do frigorifico em que trabalha na cidade. Ela foi para casa na data, mas seu estado de saúde piorou e por conta disso precisou ser levada par ao hospital.

Durante o atendimento, os médicos constataram que a hemorragia era resultado da complicação de um abordo e por isso acionou a polícia. Segundo as investigações, a suspeita teria abortado o bebê ainda no banheiro do trabalho. Supostamente com a ajuda de uma amiga, conseguiu um saco plástico e luvas, recolheu o feto e o guardou dentro da bolsa.Grávida de 8 meses é investigada por abortar e enterrar feto no quintal

Em casa a mulher teria enterrado o filho no quintal. A Polícia Civil da cidade, em buscas pela residência, encontrou o saco plástico e também o bebê, que foi encaminhado para exames. A polícia também investiga a participação do marido da suspeita na ocultação do cadáver da criança.

A mulher, que já é mãe de dois filhos, chegou a ser presa pelo crime. Ainda não há detalhes sobre o crime. A suspeita é de que ela tenha ingerido medicamentos abortivos, mas o caso é investigado pela Delegacia de Polícia Civil da cidade. 

Jornal Midiamax