Polícia

Funcionário admite briga e assassinato de ‘Paizinho’, morto com 3 tiros

Corpo foi encontrado por populares

Thatiana Melo Publicado em 29/09/2017, às 10h41

None

Corpo foi encontrado por populares

A briga entre ‘Paizinho’ como era conhecido José Sebastião da Cruz Costa, de 41 anos, e um funcionário teria sido o motivo para o assassinato do homem, que foi morto com três tiros no dia 29 de agosto, em Corumbá- distante 444 quilômetros de Campo Grande.

O funcionário e um sócio de José foram presos e mandados de busca e apreensão foram cumpridos em sete locais, sendo apreendidos computadores, celulares e documentos, além de um revólver e o carro onde o corpo foi levado para ser desovado.

Na delegacia, o funcionário admitiu ter assassinado com três tiros ‘Paizinho’ após uma discussão, já o sócio da vítima não quis falar, segundo o Diário Corumbaense.Funcionário admite briga e assassinato de ‘Paizinho’, morto com 3 tiros

O crime

Populares que passavam pela rodovia que liga Corumbá a fronteira com a Bolívia encontraram o corpo de José, que estava em meio a um matagal. De acordo com informações da polícia, ‘Paizinho’ foi morto com três tiros, sendo que um atingiu suas costas, o peito e um transfixou as suas mãos.

(Foto: Diário Corumbaense)

Jornal Midiamax