Polícia

Ferido na mão, 3º suspeito de roubo a posto de gasolina é preso no interior

Envolvido fugia na companhia da esposa

Midiamax Publicado em 09/06/2017, às 18h09

None

Envolvido fugia na companhia da esposa

O terceiro suspeito do roubo a um posto de gasolina, da Vila Morumbi, na última quarta-feira (7), foi preso nesta tarde, em Rio Brilhante, a 158 km de Campo Grande. Ele fugia na companhia da esposa. No período da manhã, equipes do Batalhão de Choque da Polícia Militar apreenderam uma arma usada no roubo, na casa da mãe do envolvido, que foi identificado como “Pica Pau”.

O casal já está a caminho de Campo Grande e seguem para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), da Vila Piratininga. No dia do crime, houve troca de tiros entre um sargento da PM de folga e o trio de criminosos. Um dos bandidos, identificado como Aguinaldo Romero Ferreira, vulgo Pitbull, de 38 anos, morreu no local. Ele estava evadido do sistema prisional após ser preso em flagrante, em 2008, como integrante de quadrilha responsável por uma série de assaltos em Campo Grande. 

Na noite de ontem, uma operação das polícias civil e militar, em um condomínio do Jardim Parati, prendeu o segundo suspeito do roubo, identificado como Lucas Luan Pereira Ávila de 27 anos, vulgo ‘Boy’, escondido na residência de um integrante do PCC.  Equipes do Batalhão de Choque receberam a informação do esconderijo de Lucas e ao chegar ao local indicado encontraram Leonardo Nunes, vulgo ‘Toiço’, dono da residência. Ele afirmou que ‘Boy’ estava em dos quartos da casa na companhia de sua esposa.

Indagado sobre o comparsa disse que o conhecia pelo apelido de ‘Pica-Pau’, e que ele teria fugido com o carro usado para o assalto e arma, não sabendo o paradeiro dele. ‘Boy’ contou que na fuga teria feito uma ligação para Leonardo que o resgatou no Bairro Pioneiros e o levou para sua residência. Lucas estava com um ferimento na altura da cintura sendo levado para atendimento e posteriormente para a delegacia de polícia.

Ferido na mão, 3º suspeito de roubo a posto de gasolina é preso no interior

O crime

Os suspeitos estavam em um Voyage prata e chegaram ao posto se passando por clientes, na noite de quarta-feira (7). Uma das frentistas se aproximou e eles anunciarem o assalto. Sem reação, ela colocou as mãos para trás e obedeceu a ordem dos bandidos. Dois dos quatro suspeitos desceram do carro e iniciaram um verdadeiro arrastão do posto. Enquanto um roubava clientes e funcionários, o outro foi até a conveniência do local.

Uma das funcionárias do estabelecimento, de 37 anos, disse que viu os suspeitos colocarem meias na cabeça, ainda dentro do carro, assim que anunciaram o crime. Para fugir da ação, parte das pessoas correram para se esconder nos banheiros, até o momento em que o sargento do Choque, que estava de folga, reagiu ao crime.

Segundo o boletim de ocorrência, quando perceberam a presença do policial, os dois bandidos correram para o carro, mas Aguinaldo Romero Ferreira, conhecido como ‘Pitbull’ apontou a arma em direção ao militar, que disparou. Por conta disso, o suspeito não conseguiu entrar no Voyage e correu pela rua, sendo atingido por novos disparos. Ele não resistiu e morreu no local.

Jornal Midiamax