Polícia

Ex-policial é executado na fronteira com mais de 20 tiros de pistola e fuzil

Saia do semiaberto

Thatiana Melo Publicado em 23/06/2017, às 11h13

None

Saia do semiaberto

Na manhã desta sexta-feira (23), o ex-policial Albino Noel Correia, de 57 anos, foi executado com tiros de fuzil e pistola 9mm, em Ponta Porã, a 346 quilômetros de Campo Grande. Ele saia do semiaberto quando foi assassinado.

De acordo com informações preliminares, Albino saia do semiaberto nesta manhã em uma motocicleta sem placas quando foi abordado por pistoleiros em um carro, de cor prata, que efetuaram mais de 39 tiros, de fuzil e pistola, contra a vítima que morreu no local.

O ex-policial usava documentos paraguaios falsos em nome de Francisco Guanes. Em 1992, Albino teria sido contratado para assassinar um escrivão da polícia civil, na cidade de Dourados, sendo condenado há 13 anos e 4 meses anos por tentativa de homicídio. Em 2015 foi preso por porte ilegal de arma e tinha dois mandados de prisão contra ele.Ex-policial é executado na fronteira com mais de 20 tiros de pistola e fuzil

Em 2002, Albino Noel Correia foi expulso da corporação. Ele cumpria pena no semiaberto por tráfico de drogas. Não há informações sobre os autores da execução. A polícia investiga o caso. (Colaborou Leo Veras)

Jornal Midiamax