Teria ligação com o crime

Na madrugada desta quinta-feira (2), Fabio Junior Ferreira dos Santos, de 20 anos, foi assassinado em , cidade a 407 quilômetros de Campo Grande. Ele foi atingido por vários tiros na cabeça e o delegado plantonista que foi ao local encontrou uma carta no bolso da calça do rapaz.

Conforme o boletim de ocorrência, registrado na delegacia local, equipes da Polícia Militar acionaram os policiais civis e o delegado plantonista para irem até o Bairro de Lourdes, onde o jovem havia sido vítima de .

Segundo a polícia, Fabio tinha vários ferimentos na cabeça provocados por disparos de arma de fogo. Foram encontradas quatro cápsulas deflagradas, calibre 38 e na calça da vítima, o delegado encontrou uma carta, um sabonete e um frasco de perfume.

Há suspeita de que o teor carta possa ter relação com o crime, que é tratado como homicídio qualificado por traição, emboscada ou mediante dissimulação ou outro recurso que dificulte ou torne impossível a defesa do ofendido, homicídio doloso, se o crime é praticado em concurso de duas ou mais pessoas, homicídio qualificado mediante paga ou promessa de recompensa, ou por outro motivo torpe.