Polícia

Casal furta, tenta fugir e filha denuncia a mãe para a Polícia na Capital

Filha chamou a PM por não aguentar furtos da mãe

Midiamax Publicado em 30/09/2017, às 11h47

None

Filha chamou a PM por não aguentar furtos da mãe

Um jovem de 24 anos e a namorada de 40 foram presos na madrugada deste sábado (30) suspeitos de cortar a cerca de uma casa no Bairro Monte Carlo, em Campo Grande, e furtar um notebook e um televisor. Por mais bizarro que possa parecer, a Polícia Militar foi acionada pela filha da mulher envolvida, que alegou não aguentar mais os crimes praticados pela mãe.

A Polícia Militar foi acionada via 190 pela filha da envolvida, pois o casal estaria perturbando a tranquilidade da vizinhança por volta das 4h30 da madrugada. Durante o deslocamento, a equipe da PM foi abordada por uma moradora, do mesmo bairro, dizendo que o casal seria o autor de um furto em sua casa.

Antes de ir em buscar dos autores do crime, os militares se deslocaram até a residência furtada, onde foi constatado que a cerca elétrica havia sido cortada. A proprietária da casa relatou aos militares que estava dormindo, com os filhos em casa, quando ouviu barulhos no quintal e constatou que os suspeitos haviam furtado um televisor de 42 polegadas e um notebook da marca Dell.

Em rondas no bairro, os militares abordaram um táxi que tinha como passageiros, o casal em posse de uma televisão LG, 42 polegadas. Os namorados foram presos e os equipamentos recuperados. O notebook foi encontrado em um terreno baldio envolvido em um lençol. O laptop seria entregue em uma boca de fumo nas proximidades.

Casal furta, tenta fugir e filha denuncia a mãe para a Polícia na Capital

A mulher foi levada à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro e apresentada com lesões no rosto e pescoço, pois teria resistido à prisão e tentado se lesionar com um objeto cortante. O namorado foi apresentado sem escoriações.

O caso foi registrado como furto qualificado com abuso de confiança, ou mediante fraude ou escalada e destreza –  mediante concurso de pessoas.

(Foto: Cleber Gellio)

Jornal Midiamax