Polícia

Campo-grandense é identificado uma semana após morrer afogado em praia do Paraná

Tatuagem ajudou no reconhecimento

Renata Portela Publicado em 19/01/2017, às 14h41

None
1930103_1719795134964702_5428145757093832796_n.jpg

Tatuagem ajudou no reconhecimento

Na manhã de segunda-feira (9), o campo-grandense Fernando Oliveira foi encontrado morto nas margens do balneário de Matinhos, no litoral do Paraná. Corpo de Bombeiros foi acionado e retirou o corpo da vítima.

Segundo informações de sites locais, o corpo de Fernando foi levado ao Iml (Instituto Médico-Legal), mas não foi identificado até o início desta semana, quando familiares viram as notícias e telefonaram para o Iml. Não havia marcas de violência no corpo de Fernando, indicando que ele teria sido vítima de afogamento.

Um familiar contou que ele já estava no Paraná de férias e tinha passagem marcada para retornar para Campo Grande. Conhecidos chegaram a dizer que viram ele na Capital, mas quando familiares perceberam o desaparecimento e viram as notícias do corpo encontrado na praia, com tatuagens no corpo, ligaram no Iml.

A vítima foi reconhecida por causa de uma tatuagem que tinha no supercílio, de uma navalha. Fernando trabalhava em uma barbearia de Campo Grande e uma familiar foi até a cidade para fazer o reconhecimento.

*Foto: Reprodução/Facebook

Jornal Midiamax