Polícia

Caminhoneiro desconfia de frete, aciona PM e bandido morre em troca de tiros

Três bandidos foram presos

Thatiana Melo Publicado em 07/07/2017, às 09h55

None

Três bandidos foram presos

Desconfiado de um pedido de frete, após vários roubos a caminhoneiros nos últimos 20 dias, um motorista de um caminhão de 34 anos acionou a polícia na noite desta quinta-feira (6). O lugar combinado para o frete seria em um posto de combustível na BR-060.

O caminhoneiro foi esperar os supostos clientes por volta das 18 horas desta quinta-feira (6), momento em que policiais do Batalhão de Choque observavam a vítima no posto. Na abordagem, os policiais encontraram o motorista com dois homens dentro do veículo.

Ao ver os militares, um dos bandidos identificado como Jhonys Arguero Harthmann de 27 anos dispensou dentro do caminhão um objeto, que foi recolhido e identificado como um revólver calibre 22. Já o outro autor identificado como Kewyn Renan Costa Lopes de Souza de 18 anos estava com uma faca de açougueiro também recolhida dentro da cabine do veículo pelos policiais.

Eles confessaram que iriam roubar o caminhoneiro, que o levariam para um cativeiro e o caminhão seria levado para o Paraguai. Os rapazes levaram os policiais até o cativeiro quando no celular de Jhonys várias mensagens chegavam dando informações de como deveriam proceder com a vítima, e que dois homens identificados como Paulo e Jader iriam até o local levar dinheiro e pegar o caminhão para levar para o Paraguai.

Quando os dois homens chegaram ao cativeiro foram abordados, sendo que Paulo Sérgio da Silva, 28 anos conhecido como ‘Delinquente PCC’ fugiu para o meio de um milharal efetuando disparos contra os policiais que revidaram acertando Paulo.

Paulo foi socorrido pelos policiais, mas não resistiu aos ferimentos e morreu ao dar entrada no hospital de Campo Grande. Foram presos Jhonys Arguero Harthmann, Kewyn Renan Costa Lopes de Souza, e Jader Luiz Paulino Dourado.Caminhoneiro desconfia de frete, aciona PM e bandido morre em troca de tiros

Outros casos

Em 20 dias este seria o quarto golpe do falso frete. No dia 2 de julho um caminhoneiro de 55 anos foi rendido e amarrado ao atender um falso frete, na BR-163. A vítima combinou com os suposto ‘clientes’ para fazer uma mudança e o local para o encontro seria em um posto de combustível, na zona rural de Campo Grande, na BR-163. Ele esperava pelos clientes, quando dois homens chegaram e deram o endereço para a mudança.

Quando chegaram a um local ermo anunciaram o assalto rendendo o motorista, o amarrando e fugindo logo em seguida. Após algum tempo a vítima conseguiu se soltar e pedir ajuda a um homem que passava pela estrada.

Já no dia 20 de junho, outro caminhoneiro de 47 anos foi ferido a tiros quando atendeu um pedido de falso frete, na BR-262 saída para Terenos. Dois autores marcaram com a vítima em frente ao Aeroporto Internacional de Campo Grande. Segunda uma pessoa que estava com o motorista, os dois subiram no caminhão e, próximo a fábrica da Kepler Weber, sentido a Terenos, a dupla anunciou o roubo para levar o caminhão.

Um dos autores então apontou uma pistola, momento em que o caminhoneiro reagiu e desceu da cabine do veículo, quando levou dois tiros que o atingiram no tórax e abdômen. Posteriormente, os dois fugiram correndo em meio ao matagal nas margens da pista. O motorista foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e está internado na Santa Casa.

E no dia 28 de junho, José Aparecido dos Santos de 50 anos foi rendido por bandidos armados em um falso frete e morreu seis dias depois na Santa Casa de Campo Grande, após pular do caminhão em movimento para escapar dos ladrões. Os autores do roubo, presos em flagrante depois do crime, contaram que o serviço foi ‘encomendado’ por um interno do Presídio de Segurança Máxima de Campo Grande. Eles então ligaram para a vítima, e marcaram o encontro na Avenida dos Cafezais para o falso frete. A vítima chegou ao local, ambos embarcaram no caminhão e seguiram em direção ao Hipódromo no Bairro Paulo Coelho Machado.

Na Rua Delegado Alfredo Hardman a dupla teria anunciado o assalto e um dos bandidos assumiu a direção do caminhão, enquanto o motorista era mantido refém pelo segundo envolvido. Porém, José teria entrado em luta corporal com o suspeito e pulado do veículo, que estava em alta velocidade, para fugir.

Disparos foram realizados pelos autores, mas a vítima não foi atingida. A dupla de assaltantes prosseguiu com o caminhão e o abandonou na Rua José Pedrossian, no bairro Jardim Novo Seculo, a aproximadamente 5 quilômetros de onde o motorista teria pulado do caminhão.

Eles fugiram para uma residência nas proximidades. Policiais do Patrulhamento Aéreo, que acompanharam a ocorrência por rádio, flagraram a movimentação dos assaltantes e passaram as informações para os policiais que estavam em operação por terra.

Altiely Ribeiro do Nascimento e Israel Rodrigues Lopes, de 24 e 23 anos, foram presos capturados e com eles recuperados o celular e a carteira da vítima e uma arma de calibre 38, usada no crime. Ainda segundo a polícia, os dois suspeitos possuíam passagens e estavam foragidos da Gameleira.

Jornal Midiamax