Polícia

Autor de duplo homicídio se entrega e diz que matou vítima por engano

Crime foi motivado por ciúmes 

Clayton Neves Publicado em 07/01/2017, às 23h03

None
vitimas.jpg

Crime foi motivado por ciúmes 

Maikon Douglas Rosa dos Santos, de 20 anos, responsável pela morte dos amigos Diego Dias Passarini, de 22 anos e do adolescente  Márcio Gabriel Moreira, de 17 anos, no último domingo (1°), em Itaquiraí, se apresentou à polícia e foi preso em flagrante. Para a polícia o suspeito disse que Digo foi morto por engano.

De acordo com informações do site Tá na Mídia Naviraí, Maikon teria cometido o crime porque sentiu ciúmes de uma mulher. Ainda conforme apurado, somente Diego seria o alvo e o adolescente teria sido atingido por engano.

O autor foi indiciado por duplo homicídio e encaminhado para o presídio de Naviraí.

O caso

Conforme informações da polícia, os amigos estavam sentados no pátio da lanchonete, na Avenida Mato Grosso, no Centro da cidade, distante 359 quilômetros de Campo Grande. Por volta das 5 horas do domingo (1°), o suspeito chegou em uma motocicleta Honda Broz vermelha e atirou várias vezes.

O adolescente foi atingido por um tiro no pescoço, correu e caiu na frente de uma casa. Diego foi atingido por um tiro na cabeça, caiu no local e o autor dos disparos se aproximou e atirou mais vezes.

Os dois jovens foram socorridos por moradores e levados ao hospital. Márcio chegou já sem vida e Diego foi transferido para Dourados, mas não resistiu aos ferimentos.

Jornal Midiamax