Polícia

Após ser expulsa, idosa é agredida pela filha e neto ao retornar para casa

 Teria sido agredida a socos, chutes e puxões de cabelo

Diego Alves Publicado em 23/06/2017, às 23h33

None

 Teria sido agredida a socos, chutes e puxões de cabelo

Após ser expulsa de casa pela filha, de 52 anos, e ter os imóveis colocados à venda na OLX, uma idosa de 71 anos, foi agredida após retornar para sua própria casa para tentar retomar seus pertences, na tarde desta sexta-feira (23), no Bairro Cohafama em Campo Grande.Após ser expulsa, idosa é agredida pela filha e neto ao retornar para casa

A vítima procurou a delegacia, onde fez o boletim de ocorrência relatando que foi agredida a socos, chutes e puxões de cabelo pela filha e neto, que teriam a derrubado ao chão.

No local também estaria uma outra mulher, que seria advogada da autora. Após as agressões, a filha inclusive a teria ameaçado dizendo “vou acabar com você” e dito demais ofensas.

De acordo com um familiar que prefere não se identificar, a idosa foi até a Casa da Mulher Brasileira, para registrar a ocorrência após os fatos. “Não deu em nada, não deram assistência psicológica, advogados serviços nem fizeram o corpo de delito na idosa, Nem se quer foram prender a filha que bateu, a agrediu e disseram que não é flagrante. Isso é um absurdo.  Se eu tivesse batido na mulher eu estaria preso agora”, disse o familiar que estava no local e apartou a situação.

Caso

Nesta quinta-feira (23), a mulher já havia procurado a delegacia após ter sido expulsa de sua própria casa pela filha.

A idosa disse na delegacia que a filha se separou do marido e teria ido morar em sua residência, mas que a tratava mal desferindo xingamentos como demônio, velha, cega. E em uma das ocasiões em que sofreu agressão, a filha enfiou uma mangueira de água em sua boca.

Em outro momento, a autora tentou matar a mãe a tesouradas expulsando a idosa de casa se não cometeria o crime. Com medo das ameaças da filha, a vítima foi morar com a outra filha, e nesta quinta-feira (22) flagrou seus móveis sendo vendidos em um site OLX.

A idosa afirmou que não teria dado permissão a filha para vender seus objetos e móveis. Ela fez um boletim de ocorrência por apropriar-se ou desviar bens, proventos, pensão ou qualquer outro rendimento do idoso.

Jornal Midiamax