Polícia

Após registrar BO, homem morre ao se jogar contra ônibus na frente da Casa da Mulher

Ele disse na delegacia que estaria sofrendo ameaças

Diego Alves Publicado em 10/08/2017, às 22h30

None

Ele disse na delegacia que estaria sofrendo ameaças

Aparentemente transtornado, um homem se jogou na frente de um ônibus no final da tarde desta quinta-feira (10), após sair da Casa da Mulher Brasileira em Campo Grande, no Jardim Imá. Após registrar BO, homem morre ao se jogar contra ônibus na frente da Casa da Mulher

De acordo com a polícia, Ivan Nemézio da Silva, de 42 anos, chegou no local e disse que queria fazer um boletim de ocorrência.

No local, ele contou que fugiu de sua cidade, Miranda – a 206 quilômetros de Campo Grande – , pois estava sendo ameaçado de morte por causa de um suposto abuso de uma criança, em que era acusado por moradores.

Mesmo com o local sendo de atendimento à mulher, foi feito o boletim de ocorrência,  por causa das supostas ameaças que Ivan estaria sofrendo em sua cidade. 

Segundo testemunhas, após a confecção do boletim de ocorrência, Ivan teria dito que havia “pessoas perigosas armadas”, do lado de fora da delegacia querendo matá-lo.

Depois, ele então se trancou no banheiro da Casa da Mulher, de onde saiu posteriormente pela janela. Posteriormente ele teria entrado e saído do local por algumas vezes  do prédio da delegacia e, minutos depois, foi ao ponto de ônibus, localizado na Rua Teresina, onde havia uma mulher.

A passageira subiu no ônibus,  o motorista teria perguntado se ele também iria embarcar. Após a negativa, e com a saída do coletivo, ele se atirou contra o veículo  e morreu atropelado no local. O caso será registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro.

Jornal Midiamax