Polícia

Ao tentar evitar esfaqueamento, homem tem dedo arrancado e perna cortada

Foi levado para a UPA

Renata Portela Publicado em 10/01/2017, às 11h05

None
policia_ilustrativa-gw4.jpg

Foi levado para a UPA

Na tarde de segunda-feira (9), homem de 51 anos foi vítima de tentativa de homicídio na região do Santo Eugênio. Ao tentar fugir do criminoso, ele teve o dedo decepado e ainda sofreu um corte na perna.

Conforme o boletim de ocorrência, policiais militares foram acionados para irem até a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Universitário, onde estava a vítima de esfaqueamento. No local, os militares conversaram com o homem e ele contou que andava pelo Santo Eugênio quando encontrou o autor do crime.

Segundo a vítima, o rapaz foi em direção à ela com um facão em mãos, para matá-lo. Para se defender, o homem tentou desvencilhar o rapaz com as mãos e o dedo indicador esquerdo acabou atingido pelo facão e foi decepado. Outro golpe do facão atingiu a vítima na perna direita.

De acordo com o homem, o autor do crime o deve R$ 50 e dizia que a vítima era ‘cagueta’. Suspeito de alguns crimes, o rapaz teve a casa vistoriada por policiais militares recentemente e pensou que a vítima o teria denunciado, já que trabalha na casa de um policial.

O caso foi registrado como homicídio simples na forma tentada na 4ª Delegacia de Polícia Civil de Campo Grande.

Jornal Midiamax