Polícia

4 motos são furtadas em ‘arrastão’ ao lado do shopping Bosque dos Ipês

Polícia deve usar imagens de segurança do Shopping Center

Thatiana Melo Publicado em 24/04/2017, às 13h20

None
moto_arrastao.png

Polícia deve usar imagens de segurança do Shopping Center

Imagens de câmeras de segurança de um shopping, na saída para Cuiabá, em Campo Grande, deve ajudar a polícia a localizar os possíveis autores de um arrastão de motos, neste domingo (23).

De acordo com informações, pelo menos quatro motocicletas foram furtadas em frente ao shopping. Uma das vítimas registrou um boletim de ocorrência na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.

A vítima, de 51 anos, afirmou na delegacia que estacionou sua motocicleta, uma Honda NXR 150, por volta das 20h30 em frente ao shopping e ao retornar percebeu que o veículo havia sido furtado.

Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, outras três motocicletas haviam sido furtadas no mesmo local. Já o jovem, de 22 anos, que também procurou a delegacia de polícia afirmou que teria estacionado sua motocicleta, por volta das 17 horas dentro do estacionamento do local e ao retornar por volta das 22 horas, a sua motocicleta havia sido furtada.

Uma das vítimas usou o Facebook informando que sua motocicleta havia sido furtada, no shopping, pedindo ajuda a quem encontrasse o veículo.

Em contato com a assessoria de comunicação do shopping o Jornal Midiamax foi informado de que todos os veículos que foram furtados na noite de domingo (23) estavam em uma rua paralela ao estabelecimento, e que os seguranças do shopping não tem como agir nestes casos. As imagens das câmeras de segurança do shopping serão enviadas a polícia para ajudar na identificação dos autores.

De acordo com o delegado Gustavo Adolpho Bianci Ferraz, titular da Defurv (Delegacia Especializada de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos), o proprietário deve dificultar ao máximo a ação dos bandidos, como o uso de cadeados, correntes, aém da trava da motocicleta. “Preferencialmente estacionar os veículos em lugares iluminados”, explicou. 

Jornal Midiamax