Polícia

Visitantes tentam entrar em presídio com celulares e estimulantes sexuais em carne

Foram apreendidos 2 celulares e 40 comprimidos 

Gerciane Alves Publicado em 15/03/2016, às 22h38

None
bife.jpg

Foram apreendidos 2 celulares e 40 comprimidos 

Durante revista em visitantes durante o último fim de semana, servidores penitenciários que atuam na PED (Penitenciária estadual de Dourados), a 225 quilômetros de Campo Grande encontraram dois celulares e 40 comprimidos de estimulantes sexuais escondidos em pedaços de carne.

De acordo com o site Dourados News, os celulares estavam em bifes costurados. Os aparelhos estavam com um homem que informou que entregaria ao seu filho. Já os comprimidos de estimulante sexual, que também estava em pedaços de carne, foi encontrado com uma mulher.

À polícia, a mulher disse que os estimulantes eram para uso do esposo, no entanto, devido a quantidade, a suspeita da direção do presídio é que o objetivo era a comercialização dentro da penitenciária

A vistoria constante em pátios, celas e visitantes são medidas adotadas nas unidades prisionais de Mato Grosso do Sul para coibir o uso de equipamentos proibidos e entorpecentes pelos internos, segundo o diretor-presidente da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), Ailton Stropa Garcia.

Jornal Midiamax