Polícia

VÍDEO flagra homens armados em hospital para resgatar preso

O Garras investiga o caso 

Midiamax Publicado em 23/09/2016, às 19h14

None
hospital.jpg

O Garras investiga o caso 

Um vídeo divulgado pela Polícia Civil na tarde desta sexta-feira (23) mostra o exato momento em que quatro homens armados invadem o Hospital do Pênfigo para resgatar o preso Mário Márcio dos Santos, que passava por atendimento médico no local. Nas imagens é possível ver o grupo render pessoas que aguardavam em uma recepção.

Fortemente armado, sem qualquer tipo de máscara, o grupo entra rapidamente no hospital, rende os dois policiais que estão próximos à porta e obrigam pacientes que aguardavam na recepção a deitarem no chão. Pelo menos quatro suspeitos aparecem no vídeo, três de camisetas pretas e um vestido com uma camiseta amarela.

Depois disso, os suspeitos roubam as pistolas dos militares e as chaves da algema. Um dos homens chega a revistar outro cômodo do hospital com um fuzil na mão.

Durante a ação, é possível ver uma funcionária do local, correr assim que percebe a aproximação dos bandidos e uma paciente tentar sair da sala em que está, mas não conseguir e voltar a sentar em uma cadeira, longe do grupo. 

Na entrada do hospital, um segurança também foi rendido por um dos suspeitos. De acordo com a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), Mário foi até o local para realizar um tratamento de coluna, pago por sua família. Inicialmente, a consulta estava marcada para esta sexta-feira (23), mas por questão de segurança, foi reagendada para quinta-feira (22).

Está não seria a primeira vez que Mário saia do presídio para fazer o tratamento. O suspeito cumpria pena na unidade por tráfico de drogas e estelionato. Ele foi condenado em 24 anos e seis meses de reclusão, em regime fechado e já estava detido há oito anos.

Em 2007 o homem ainda participou de uma fuga das celas da Polinter, na Vila Sobrinho. Na data, os presos fugiram com uma viatura da Polícia Civil e armamentos. Em agosto de 2014 Mário Márcio foi preso novamente por estelionato, falsidade ideológica e falsificação de documento público. O preso ainda tem passagens por latrocínio, em Minas Gerais.

Confira o vídeo: 

Suspeitas

Durante as investigações sobre a fuga de Mário Márcio,equipes da Polícia Civil, em uma ação conjunta, apreenderam 801 quilos de maconha e quatro carros furtados, um deles o Corolla usado pelo grupo na fuga.

A polícia ainda acredita que a fuga tenha relação com a ação de uma quadrinha responsável pelo tráfico de drogas na região oeste de Campo Grande, saída para Terenos. Foram apreendidos uma picape Mahindra, um Chevrolet Montana e um Eco Sport de cor vermelha carregado com os tabletes de maconha.

“A suspeita é de que os carros e a droga tenham relação com a fuga do preso”, explicou o delegado do Garras (Grupo armado de resgate e repressão a assaltos e sequestros), Edilson dos Santos. A investigação ainda apura a relação entre os crimes, já que todas as apreensões aconteceram na mesma região. Dois homens foram presos e negaram envolvimento com o caso. (Matéria alterada às 17h11 para acréscimo de informação) 

Jornal Midiamax