Polícia

Turistas de SP pescam 100 kg de peixe e acabam presos em MS

Quantidade estava acima da cota permitida

Midiamax Publicado em 18/09/2016, às 22h36

None
oma.jpg

Quantidade estava acima da cota permitida

Quatro turistas acabaram presos em flagrante em Bonito, município distante 298 quilômetros de Campo Grande. Eles foram flagrados com 100 quilos de pescado irregular e também foram multados em R$ 2 mil, cada um.

Uma equipe da PMA (Polícia Militar Ambiental) realizava fiscalização no rio Miranda, na madrugada deste domingo (18), quando localizou o pescado irregular.

Os peixes estavam em um frízer e pertencia a quatro turistas, residentes em Rio Claro (SP). Os policiais constaram que a captura estava acima da cota permitida, já que o permito é somente 10 quilos, mais um exemplar e cinco exemplares de piranha para cada pescador. O pescado e o frízer foram apreendidos.

Os infratores, de 56, 60, 66 e 77 anos, receberam voz de prisão e foram conduzidos à delegacia de Polícia Civil de Bonito, juntamente com o material apreendido, onde foram autuados em flagrante por crime ambiental de pesca predatória e saíram depois de pagar fiança. A pena nestes casos é de um a três anos de prisão.

Os infratores também foram autuados administrativamente e multados em R$ 2 mil cada um. O pescado será doado para instituições filantrópicas.

Segundo a PMA, os militares do Distrito de Águas do Miranda, em Bonito, estão reforçando a fiscalização relativa à prevenção à pesca predatória, devido a alguns cardumes que já começam a se formar em razão da proximidade do período de piracema e que estão na região.

Jornal Midiamax