Polícia

Três gaúchos são multados em R$ 2,7 mil por transporte ilegal de pescado em MS

Piracema inicia em outubro

Midiamax Publicado em 21/09/2016, às 20h27

None
unnamed_3.jpg

Piracema inicia em outubro

Durante fiscalização na BR-262, Policiais Militares Ambientais do Grupamento da Polícia Militar Ambiental do Posto Avançado do Taquarussu, localizado na BR-262, no município de Anastácio, abordaram na madrugada, desta quarta-feira (21), um veículo onde estavam três pescadores amadores, residentes no estado do Rio Grande do Sul, que transportavam 30 kg de pescado das espécies pacu e piavuçu ilegalmente.

Os pescadores não possuíam a licença de pesca. O pescado foi apreendido e os infratores foram autuados administrativamente e multados em R$ 900,00 cada um. A falta de licença de pesca não se caracteriza como crime, mas são infrações administrativas, com previsão de multa e apreensão do produto da pesca. O pescado será doado para instituições filantrópicas.

No mês de setembro e outubro, próximos ao período de fechamento da pesca, o número de pescadores nos rios do Estado aumentam significativamente, em razão do início da formação de cardumes e, consequentemente, a maior facilidade de captura.

Por essa razão, a PMA intensifica gradativamente a fiscalização preventiva nos rios, para evitar a pesca predatória e retirar petrechos ilegais armados, que possam depredar os cardumes, bem como em estradas do Estado, para reprimir, prendendo os que insistem em praticar a pesca predatória.

Jornal Midiamax