Polícia

Trabalhador morre depois de receber descarga elétrica e cair de 4 metros

Bombeiros ainda tentaram reanimá-lo, mas sem sucesso

Gerciane Alves Publicado em 25/02/2016, às 21h07

None
policia_ilustrativa-gw3.jpg

Bombeiros ainda tentaram reanimá-lo, mas sem sucesso

Ronaldo Leandro Lopes de Oliveira, de 21 anos, morreu na manhã desta quinta-feira (25) depois de receber uma descarga elétrica, ficar grudado em um aparelho secador durante três minutos e cair de aproximadamente quatro metros. O acidente aconteceu em Nova Andradina, cidade a 297 quilômetros de Campo Grande. 

Segundo informações do registro policial, o Corpo de Bombeiros foi acionado por populares para atender uma ocorrência de choque elétrico em uma fazenda próximo ao Posto Casa Branca, na BR-267. Para agilizar o atendimento também foi solicitado apoio de uma ambulância do ESF (Estratégia Saúde da Família) de Nova Casa Verde.

No local os bombeiros encontraram a vítima sem sinais vitais e depois de sua remoção para o interior da viatura foi iniciado o procedimento de reanimação com desfibrilador. Ainda segundo o registro, durante a massagem cardíaca foi notado que a vítima apresentava hemorragia severa pois expelia sangue pela boca e narinas.

Indagado pelos bombeiros sobre como o acidente havia ocorrido, um companheiro de trabalho contou que estava com Ronaldo trabalhando na montagem de um silo, a cerca de 4 metros de altura, quando resolveram descer porque havia começado a chover. A vítima, segundo a testemunha, utilizava cinto de segurança, mas não usava luvas.

Durante a descida, Ronaldo teria encostado em um secador e recebido a descarga elétrica. Depois de permanecer grudado por aproximadamente três minutos, a energia foi suspensa e o jovem caiu já inconsciente. Ele permaneceu desacordado cerca de 40 minutos até a chegada dos bombeiros que constatou sua morte. O corpo do jovem foi encaminhado para o Hospital Regional da cidade.

Jornal Midiamax