Polícia

Tentou defender amigo que bateu na mulher em frente à PM e acabou preso

'Companheiro' lutou com policiais e acabou em cana

Renata Portela Publicado em 12/09/2016, às 10h57

None
delegacia_de_corumba.jpg

'Companheiro' lutou com policiais e acabou em cana

Por volta das 2h40 desta segunda-feira (12), dois rapazes identificados como Jorge, de 27 anos, e Rafael, de 28 anos, foram presos em flagrante em Corumbá, cidade a 444 quilômetros de Campo Grande. Rafael agrediu uma mulher na frente do Batalhão da PM e o amigo ainda tentou impedir a prisão.

Conforme o boletim de ocorrência da Polícia Militar, a mulher de 31 anos estava de carro e foi até o portão do 6º Batalhão da PM, onde foi abordada por Rafael, que começou a agredi-la. Um soldado PM tentou conter o rapaz e deu voz de prisão, mas ele não obedeceu e continuou a agredir a vítima. Um sargento então chegou ao local e novamente deu voz de prisão ao rapaz, que seguiu com as agressões.

Os policiais tentaram conter Rafael, entraram em luta corporal e conseguiram detê-lo com uso de algemas. Consta ainda no registro policial que a todo momento o rapaz teve ajuda do amigo, Jorge, que ainda dizia que estava filmando a ação dos militares e dizia que era segurança e entendia de lei. Após Rafael ser detido, o amigo fugiu.

Outra equipe policial abordou Jorge conduzindo um Fiat Uno e, com ele, foi encontrado um canivete. Ele fez o teste de bafômetro, que constatou embriaguez e acabou preso em flagrante. Os amigos foram encaminhados para a delegacia e responderão por lesão corporal dolosa, qualificada por violência doméstica, desacato, desobediência, resistência e conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool.

Jornal Midiamax