Ele se apresentará

Identificado como Mauro, suspeito de matar Luciano Soares Semzack, de 39 anos, na noite de terça-feira (17) deve se apresentar à polícia. Conforme o advogado dele, Marcos Santos, o cliente irá até a 1ª Delegacia de Dourados, cidade a 225 quilômetros de Campo Grande, na sexta-feira (20).

Segundo a defesa do suspeito, Luciano teria montado uma revenda de gás na Avenida Presidente Vargas e Mauro, proprietário de uma distribuidora de gás teria fornecido vasilhames e mercadoria para a vítima. Nas primeiras entregas, o pagamento foi realizado normalmente, mas, conforme apurado pelo site Dourados News, houve atraso em outros pagamentos.

Horas antes do crime, Luciano teria dito que buscaria outro fornecedor e Mauro teria aceitado, mas pediu de volta os vasilhames, além do pagamento das contas atrasadas e não houve acerto. O advogado afirma que Mauro foi até o comércio com um funcionário para buscar os botijões e houve desentendimento com Luciano, momento em que ele empurrou Mauro e teria colocado a mão na cintura, simulando estar armado.

O autor do crime teria pegado uma arma na camionete e disparado três vezes, atingindo o comerciante no peito e nas costas. Ele deve responder por homicídio doloso, quando há intenção.