Polícia

Suspeito de matar a mulher em chá de bebê ‘some do mapa’ mas processo continua

Responderá por feminicídio

Renata Portela Publicado em 22/06/2016, às 13h56

None
silvano1.jpg

Responderá por feminicídio

Continua foragido Silvano Aparecido dos Santos, de 35 anos. Ele é apontado pela polícia como autor do homicídio da esposa, Christiane Santana de Assis, de 30 anos, no dia 4 deste mês em Anaurilândia, cidade a 366 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com o delegado Rafael de Souza Carvalho, responsável pela delegacia do município, Silvano continua foragido e há suspeita que esteja no Estado de São Paulo, mas até agora não há comprovações da localização. “O processo continua correndo e só falta a prisão de Silvano”, afirma a autoridade.

Ainda conforme o delegado, Silvano responderá por feminicídio, homicídio qualificado, e no dia do crime testemunhas oculares foram ouvidas pelo delegado que atendeu a ocorrência. Quem tiver informações sobre o paradeiro de Silvano pode comunicar a polícia via 190 ou pelo telefone (67) 3445-1131 da delegacia de Anaurilândia.

Feminicídio

Christiane participava do chá de bebê de uma amiga quando, por volta das 20h, Silvano chegou ao local, foi até a esposa, a puxou pelo braço e iniciou as agressões. Há relato de que o homem chegou a colocar a faca na garganta da jovem, mas a atingiu com um golpe na barriga. As agressões foram testemunhadas por todos os convidados.

A mulher foi socorrida por ambulância do Quebracho e encaminhada ao hospital Sagrado Coração de Jesus em Anaurilândia, mas morreu pouco depois de dar entrada. Após o crime, Silvano fugiu. O caso é tratado como feminicídio.

Jornal Midiamax