Polícia

Soldado luta com bandido ao reagir a assalto e é morto com quatro tiros

Morreu antes de chegar ao hospital

Renata Portela Publicado em 24/06/2016, às 11h12

None
elton_-_facebook.jpg

Morreu antes de chegar ao hospital

  Na noite de quinta-feira (23), Elton Cezar Roveri da Conceição, de 18 anos, soldado do Exército, morreu vítima de disparos de arma de fogo ao reagir a um assalto na Rua Hiran José Horn, no Parati. Ele estava acompanhado de um casal e entrou em luta corporal com o bandido que portava a arma.

Segundo informações da polícia, testemunhas acionaram a Polícia Militar após ouvirem gritos e os disparos de arma de fogo. Quando vizinhos ao local onde ocorreu o crime saíram de casa, já encontraram Elton caído no chão, ferido pelos tiros. Ele foi encaminhado pelos populares ao Hospital Regional, mas já chegou sem vida.

O casal que acompanhava a vítima, uma jovem de 18 anos e rapaz de 26 anos, contaram que andavam pela rua com Elton, quando foram abordados por dois adolescentes, aparentemente de 17 anos. Um dos suspeitos estaria armado e eles ordenaram que todos entregassem celulares e carteiras.Soldado luta com bandido ao reagir a assalto e é morto com quatro tiros

De acordo com relato das testemunhas, elas entregaram os pertences, mas Elton reagiu e acabou entrando em luta corporal com o assaltante armado, que efetuou os quatro disparos. O soldado foi atingido na cabeça, tórax, virilha e glúteo. Os bandidos fugiram em seguida em direção a Rua da Divisão e estavam a pé.

O caso foi registrado pela Polícia Militar na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga como latrocínio, roubo seguido de morte.

Jornal Midiamax