Polícia

Prostituta denuncia cliente que bateu por achar que teve celular roubado

Vítima e autor foram levados para a delegacia

Thatiana Melo Publicado em 01/04/2016, às 10h17

None
prostituta.jpg

Vítima e autor foram levados para a delegacia

Uma prostituta, de 27 anos, foi agredida por um cliente, de 44 anos na madrugada desta sexta-feira (1º) depois do homem achar que teve seu celular furtado pela mulher, na cidade de Miranda, a 202 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com informações do boletim de ocorrência registrado na Delegacia de Polícia Civil da cidade, por volta das 3 horas da madrugada o autor passou a puxar seus cabelos e bater a cabeça dela contra a parede, além de unhar a vítima.

A vítima disse aos policiais que faz programas sexuais com o homem em troca de dinheiro. E que sofreu as agressões por que o cliente achou que ela teria furtado seu celular. A mulher manifestou o desejo de representar criminalmente contra o autor.

Jornal Midiamax