Polícia

Presas donas de bordel que bateram em jovem e a impediram de deixar local

A vítima fazia programa na casa

Renata Portela Publicado em 22/03/2016, às 16h11

None
casa-de-prostituicao-ms.jpg

A vítima fazia programa na casa

Na tarde de segunda-feira (21), Josiele Antunes Leopoldino, de 23 anos, e Daiuce dos Santos Correia, de 25 anos, foram presas em flagrante por, segundo a Polícia, manter uma casa de prostituição em Mundo Novo, cidade a 462 quilômetros de Campo Grande. Elas teriam agredido uma jovem de 20 anos e impedido que ela deixasse de trabalhar no local.

Segundo informações do boletim de ocorrência, a vítima informa que fazia programas na casa, localizada na Rua Otaviano Correa, no Vila Nova. Segundo a jovem, ela cobrava R$ 180 por programa e há aproximadamente um mês tentou ir embora, mas foi impedida por Daiuce, que ainda a agrediu, deixando cicatrizes.

A vítima também relata que tentou ir embora uma segunda vez, mas foi impedida por Josiele. Ela afirma que as duas mulheres a agrediram várias vezes e que tem medo de apanhar novamente das suspeitas. Polícia Civil foi ao local na tarde de segunda-feira e prendeu em flagrante Josiele e Daiuce, que responderão por manterem casa de prostituição, lesão corporal e rufianismo.

Jornal Midiamax