Polícia

Polícia investiga ação de pistoleiros com roubo de gado no Estado

O caso aconteceu no último dia 30

Diego Alves Publicado em 06/05/2016, às 02h30

None
p-660x330.jpg

O caso aconteceu no último dia 30

A Polícia Civil de Mato Grosso do Sul investiga a ação de pistoleiros com o roubo de gado no caso em que o peão Catalino Lopez, de 71 anos, levou um tiro no peito quando conduzia bois em uma fazenda em Porto Murtinho, cidade a 412 quilômetros de Campo Grande.

O caso aconteceu no último dia 30, quando Catalino que estava no interior da fazenda foi atingido por um tiro de arma de fogo. De acordo com a vítima, os autores realizaram dois disparos e, mesmo depois de atingido, conseguiu chegar ate a sede da fazenda onde pediu por socorro.

 “Eu vi um homem magro de boné e camisa azul no meio do mato, eu gritei com ele e ele correu, meu cachorro chegou a perseguir o atirador”. De acordo com o site Porã News, a tentativa de homicídio aconteceu a cerca de três quilômetros da sede da fazenda, região conhecida como Tarumã. Catalino que foi atendido no hospital da cidade de Porto Murtinho não corre risco de morte.

De acordo com a polícia, o caso pode ter relações com o roubo de gado, já que ano passado vários indivíduos de nacionalidade paraguaia foram presos em flagrante roubando gado nesta mesma região.

Jornal Midiamax