Pena é de três a seis meses de detenção

A PMA (Polícia Militar Ambiental) fechou uma carvoaria na tarde de ontem (23) e autuou três assentados por crimes contra a flora, no assentamento Tejim, em Nova Andradina, município a 297 quilômetros de Campo Grande.

O morador do lote 135, de 52 anos, foi autuado por funcionar uma carvoaria sem autorização ambiental. A madeira utilizada no fabrico do carvão também não tinha origem. A carvoaria foi interditada e o infrator foi autuado administrativamente e multado em R$ 2 mil.

O assentado do lote 1034, de 54 anos, desmatou 2 hectares em seu lote e foi autuado administrativamente e multado em R$ 600. Pelo mesmo motivo, o proprietário do lote 1009, de 26 anos, que desmatou também 2 hectares foi autuado em R$ 600.

Todos os infratores, que residem no assentamento Tejim, responderão por crime ambiental de desmatamento sem autorização e por funcionar carvoaria ilegal. A pena é de três a seis meses de detenção.