Polícia

Polícia encontra droga escondida em pedra e munição de uso restrito com dupla

Com um deles a polícia ainda encontrou mais de R$ 2 mil

Gerciane Alves Publicado em 03/05/2016, às 20h17

None
_mg_1692_interna.jpg

Com um deles a polícia ainda encontrou mais de R$ 2 mil

Policiais da Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico) prenderam na noite desta segunda-feira (2) no Jardim Vida Nova, região norte de Campo Grande, Cleyton Rafael da Silva Arruda, de 18 anos, e Douglas de Lima Moreira, 25 anos, por tráfico de drogas e posse ilegal de munição de uso restrito.

Depois de receber uma denúncia anônima sobre tráfico de drogas a polícia se dirigiu até a Rua Venâncio Aires e em um cruzamento encontrou a dupla ingerindo uma mistura de vodca com energético. Durante vistoria pelo local a polícia encontrou escondido embaixo de uma pedra próximo aos jovens várias porções de maconha.

A polícia então se dirigiu até a casa de Cleyton onde encontraram mais algumas porções de maconha. Já na casa de Douglas, além de encontrar cerca de 122 gramas de cocaína e aproximadamente a mesma quantidade de pasta base, a polícia encontrou munições de calibre 9 milímetros, de ponto 40, que é de uso restrito, carregadores de arma e ainda R$ 2.218 em dinheiro.

Os dois foram encaminhado para Denar e responderão pelo crime de tráfico de drogas e posse ilegal de munição de uso restrito. Na delegacia, a dupla declarou estar arrependida. Segundo o delegado João Paulo Sartori, Cleyton tem em sua ficha passagens por tráfico de drogas, roubo e ainda um homicídio que teria cometido quando adolescente. Ele teria matado o assassino do irmão.

Já Douglas, que não possui passagens, relatou que é casado e tem duas filhas e sua função era apenas guardar as drogas. Arrependido, ele disse que está vendendo drogas a pouco tempo e que começou por necessidade.

Jornal Midiamax